5 Comportamentos para não adotar durante o atendimento

O atendimento ao cliente deve ser o ponto mais forte de uma empresa, tem que ser positivo e pronto para tirar dúvidas. Antes de tomar uma atitude quando estiver realizando um atendimento, se transponha, coloque-se no lugar do cliente, pense como você do lado do consumidor gostaria de ser atendido.

É nessa fase que muitos consumidores decidem se compram ou não o serviço e o produto, um mal atendimento pode estragar toda campanha positiva de uma marca.

Confira alguns dos comportamentos para não adotar no atendimento ao cliente abaixo:

1-Deixar em espera

Colocar o cliente em espera telefônica e forçar ele a percorrer um longo caminho para que o problema seja resolvido, ouvindo aquelas musiquinhas clássicas de chamada em espera só deixam ele mais irritado. O ideal é evitar ficar transferindo e deixando o cliente esperando por uma alma que possa resolver o problema dele. Procure saber o problema logo de início e transfira de uma vez para quem ira de fato resolver a situação.

2-Cair a ligação e não entrar em contato

Busque identificar o cliente o mais rápido possível e tenha o contato dele em mãos para retornar caso venha a cair. Muitas vezes pode acontecer da ligação cair bem no meio do atendimento, forçando o cliente a passar por todo aquele processo inicial novamente, o que deixa ele realmente nervoso, dificultando o processo na hora de solucionar o problema.

3-Colocar a culpa no sistema

Repetir ao cliente que não consegue solucionar o problema dele porque o atendente anterior não utilizou o sistema corretamente é sem dúvidas o maior clichê existente na face da terra. Mesmo que você tenha dificuldades procure alguém que de fato consiga solucionar o problema, peça todos os dados do cliente novamente e possíveis informações que ele possa fornecer. Anote tudo na área de anotações do sistema, apesar de levar mais tempo provavelmente o cliente sentirá que está de fato tentando fazer algo por ele.

4-Evitar a repetição das mesmas perguntas

Uma vez que esse cliente foi transferido e identificado, o ideal é que o próximo que o atender já saiba quem ele é e qual é o problema dele, assim evita o estresse de ficar repetindo as mesmas informações.

5-Não dar feedback

Depois do atendimento é importante entrar em contato com o cliente novamente algum tempo depois para saber se o problema dele foi resolvido e se ele ficou satisfeito com o modo que foi atendido.

Agora que você já sabe o que não fazer, deixe seus clientes mais felizes com um atendimento organizado e proativo.

 

Deixe um comentário

1
Olá tudo bem?
Podemos ajudar?
Powered by